Admissão de Ajudantes de Ação Direta

A Fundação Bissaya Barreto admite Ajudantes de Ação Direta para trabalhar em contexto de Estrutura Residencial para idosos.

DADOS PESSOAIS E PRIVACIDADE: Para se candidatar, deve tomar conhecimento da informação relativa a dados pessoais designada «A FUNDAÇÃO BISSAYA BARRETO E A PROTECÇÃO DE DADOS PESSOAIS» disponível no final desta proposta de trabalho, bem como da política de tratamento de dados e privacidade desta instituição, disponível em https://www.fbb.pt/politica-de-privacidade-e-tratamento-de-dados/. Ao submeter as suas informações está a tomar conhecimento e a aceitar esses termos. 

Funções
O AAD trabalha diretamente com os utentes, quer individualmente, quer em grupo, tendo em vista o seu bem-estar. Sem prejuízo de outras funções cometidas a esta categoria profissional, em contexto de estrutura residencial para idosos, compete, nomeadamente, ao Ajudante de Ação Direta:
a) receber os utentes e fazer a sua integração no período inicial de utilização dos equipamentos ou serviços;
b) proceder ao acompanhamento diurno e ou noturno dos utentes, dentro ou fora do estabelecimento, guiando-os, auxiliando-os, estimulando-os através da conversação, detetando os seus interesses, motivações e necessidades e participando na ocupação do seu dia;
c) assegurar a alimentação regular dos utentes;
d) recolher e cuidar dos utensílios e equipamentos utilizados nas refeições;
e) prestar cuidados de higiene e conforto aos utentes e colaborar na prestação de cuidados de saúde que não requeiram conhecimentos específicos.

Requisitos de candidatura
• Residência no concelho da Figueira da Foz
• Disponibilidade para trabalhos por turnos, incluindo noites e fins-de-semana
• Disponibilidade imediata
• Escolaridade obrigatória
• Robustez física e psíquica para trabalhar com idosos
• Motivação para trabalhar idosos
• Carta de condução
• Idade superior a 25 anos

Formalização de candidaturas 

• Currículo profissional e académico com foto;
• Certificado de habilitações e comprovativos da experiência e formação profissional mencionadas no cv.

Apresentação de candidaturas
– Via eletrónica: recrutamento@fbb.pt 

Métodos de seleção

• Avaliação curricular
• Entrevista profissional de seleção

Local de trabalho

Figueira da Foz – Centro Geriátrico Luís Viegas Nascimento

Tipo de vínculo
Contrato de trabalho a termo incerto.

Remuneração mensal

€813,75 (valor ilíquido) mensais + subsídio de alimentação em espécie

A FUNDAÇÃO BISSAYA BARRETO E A PROTEÇÃO DE DADOS PESSOAIS
Este documento destina-se a dar cumprimento ao Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD – Regulamento n.º 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 27/04/2016) e constitui uma manifestação da preocupação da Fundação Bissaya Barreto no que respeita às questões de privacidade.
A. Responsável pelo tratamento de dados: Fundação Bissaya Barreto;
Morada: Quinta dos Plátanos, Apartado 7049, Bencanta, 3046-901 Coimbra, Portugal; Tel.: 239400800 | e-mail: fbb@fbb.pt
B. Encarregado de Proteção de Dados:
Morada: Quinta dos plátanos, Apartado 7049, Bencanta, 3046-901 Coimbra, Portugal; e-mail: privacidade@fbb.pt
C. Tratamento dos dados:
Os dados recolhidos são tratados por meios manuais e automatizados.
D. Finalidades do tratamento e fundamento jurídico:
Os documentos entregues e os dados pessoais neles constantes serão utilizados exclusivamente para fins de recrutamento e gestão contratual no caso de se vir a concretizar uma relação laboral, com o titular dos dados;
E. Cedência de dados:
Os dados recolhidos não são cedidos a terceiros
F. Prazo de conservação dos dados:
Os dados pessoais poderão ser conservados pelo período de 5 (cinco) anos após o qual serão integral e eficazmente eliminados, salvo se houver consentimento para a continuidade do seu tratamento.
G. Direitos do titular de dados:
O titular dos dados, ou o seu representante legal, pode a qualquer momento (dirigindo-se ao Encarregado de Proteção de Dados, v. B.):
* exercer o seu direito de acesso, retificação, apagamento, limitação e portabilidade dos dados pessoais nos termos do RGPD e demais legislação aplicável;
* apresentar uma reclamação junto da Comissão Nacional de Proteção de Dados, caso não obtenha resposta no prazo de um mês;
* retirar o consentimento prestado, o que não compromete a licitude do tratamento efetuado até esse momento.