Temas das oficinas

Sinopses:
A Casa
Ao caminharmos pelo Portugal do Pequenitos calma e livremente, a certa altura
— se estivermos com muita atenção
— vemos uma sombra de uma casa. Mas não se consegue perceber a que casa pertence. Será que falta ali alguma casa? De que tamanho será? E que forma terá? Construções a partir de sombras de objetos de interior e exterior.
Execução: Espaço Boa, Lda.

Da noite para o dia, a Casa… Crescia
Ninguém reparava, mas eu dizia: no futuro… vão viver nela! E acredita, avô, no futuro as cidades mudarão de nome. E Coimbra chamar-se-á Excentricidade ou Elasticidade? O avô diz que, às vezes, a minha casa pequenina-se. Outra vezes, diz que a casa foge. Ontem, disse que a viu lá em baixo no rio. Ao escurecer, eu sei que ela ensombrece! Por isso, tenho luzes coloridas que a agigantam. Ao acordar, ela estremece connosco a mexer. Queres ver? Olha! Ela pensa que a esquecem quando nos vamos embora.
Mas a minha casa-futuro está sempre comigo, na minha cabeça e aqui neste papel. E até voa! A propósito… viste a minha casa?
Execução: Melânia Ramos

A Metamorfose e o Barro
Nesta oficina vamos pensar no passado com olhos no futuro ao deixar-nos tocar pela magia do barro e, através das nossas mãos, do nosso próprio corpo, descobrimos a capacidade de o material se transformar e renovar criando novas formas, sofrendo várias metamorfoses. Ao dar forma e vida onde nada existia, ao transformarmos um pedaço de barro amorfo num animal, num objeto ou boneco, sentimos o prazer da descoberta, tornamo-nos seres criadores, mágicos, responsáveis do nosso próprio futuro.
Execução: Cláudia Pires

Formas Orgânicas (ou Têxtil Conceptual)
É uma oficina em que vamos investigar a organização estrutural e orgânica como ponto de partida para a criação de peças em têxtil que podem habitar uma casa. Iremos pensar a forma, entendida como figura ou modelo de inspiração, e como modo/maneira de fazer artesanal, através do contacto com a lã, enquanto matéria-prima e modelo orgânico. Conjugando diferentes sentidos, materializa-se em desafios de exploração da associação da lã, água e sabão, através da técnica de feltragem manual, para a criação de peças em têxtil a utilizar numa casa imaginada.
Execução: Fátima Miranda


A Casa Ecológica és Tu

Esta oficina apresenta uma visão diferente da casa do futuro. Nesta visão, cada um de nós é uma casa ecológica. Para além de apelar à responsabilidade ambiental de cada um, esta oficina explora várias formas de ser uma casa ecológica — uma casa sustentável em que reduzimos, reutilizamos e reciclamos. E que, como em qualquer outra casa, são feitas experiências. Nesta oficina é feita a experiência de transformação do óleo alimentar usado (um desperdício perigoso para o ambiente) em sabão líquido, uma prática simples que podemos implementar nas nossas casas ecológicas.
Execução: EcoXperience, Lda.

Nossa Casa, Casa Azul
Existem muitas casas, todas elas pequenitas… casas diferentes e ao mesmo tempo parecidas entre si. Descobrir a nossa casa, aquela que é ideal, à qual nunca fomos e a isso acrescentar o tom azul é o desafio proposto nesta oficina. Azul de uma técnica antiga, uma forma plástica e alternativa de “fotografar”, procurando projetar o futuro.
Execução: Nélia Zacarias

Casa Estranha
Construção de maquetes e desenho de plantas, cortes e alçados. A artista Joana Vasconcelos criou a peça “Chá das cinco” a partir de um bule de chá gigante.
A partir de peças de máquinas um pouco estranhas, vamos transformá-los em edifícios e construir uma nova maqueta do Portugal dos Pequenitos.
Execução: Talkie-Walkie

Pinturas com história
Património Arquitetónico Técnicas tradicionais de construção, pintura, desenho e construção de objetos. Antigamente as paredes das casas eram pintadas com tintas de cal e as carpintarias e serralharias com tintas de óleo. As tintas de diferentes cores que eram utilizadas para pintar os edifícios resultavam da adição e respetiva mistura de pigmentos com diferentes aglutinantes. Queres vir descobrir diferentes tipos de tinta no Portugal dos Pequenitos? Sabes qual é a proveniência dos pigmentos? O que são aglutinantes?
Nesta oficina vamos ajudar-te a descobrir estas respostas e ensinar-te a fazer tintas de diferentes cores, recorrendo a técnicas tradicionais, de forma a que possas definir uma paleta de cores para colorires alguns desenhos por ti realizados ou outro tipo de objetos.
Execução: Pedro Providência

Eu não sou do meu tamanho, mas do tamanho daquilo que vejo!
História de Portugal, Português e Expressões Artísticas, Expressão Dramática (escrita de texto dramático) e Expressão Plástica (criação de cenários com luz e de figurinos com modelagem de papel).
De repente, o mundo encolheu e, num instante, Portugal ficou mindinho! Tu, pequenito, consegues ir a todo o lado sozinho. Mas… quando entrares no teatro vais ver o teu tamanho aumentaaaaar!!! Que tamanho terás quando saíres do Portugal dos Pequenitos?
Execução: Melânia Ramos

Cerâmica no Portugal dos Pequenitos
Esta oficina vai despertar a curiosidade das crianças sobre as artes e ofícios tradicionais de Portugal, em particular da olaria. A partir da observação de objetos de cerâmica antigos, vamos explorar a criatividade das crianças desenvolvendo a técnica do rolinho para trabalhar o barro, designadamente, na produção de figurado com cenas de diferentes profissões do quotidiano rural.
Execução: Cláudia Pires

Mapeamento cromático
Feltragem manual com água e sabão, manipulação têxtil, criatividade, sentido estético, desenho, património imaterial português, arte, ciências/meio-ambiente.
Mapeamento cromático, é uma oficina, que conjuga os diferentes sentidos, e se materializa em desafios de exploração cromática e das potencialidades da associação de lã, água e sabão, através da técnica de feltragem manual. Vamos observar a palete de cores das edificações e transpor para a lã as nossas descobertas, criando pedaços de tecido para formar um painel cromático coletivo representativo das “temperaturas do parque”.
Execução: Fátima Miranda

Ilustração têxtil
Arte, criatividade, estimulação sensorial, manipulação têxtil, moldes, recortes e colagens.
Partindo da observação do parque, iremos recolher elementos gráficos com recurso ao desenho e pintura, que serão posteriormente trabalhados na linguagem das fibras. Inspirados pelo trabalho de artistas têxteis, vamos entrar no seu universo com criação de moldes, transferências de desenhos, recortes e colagens utilizando têxteis e fios.
Execução: Fátima Miranda

SOAPY: do óleo ao sabão
A oficina tem uma forte componente de consciencialização ambiental de forma a contribuir para o desenvolvimento sustentável através dos 3R´s (Reduzir, reutilizar e reciclar). Na parte prática, os participantes têm a possibilidade de transformar um desperdício perigoso para o ambiente (óleo alimentar usado) em sabão líquido perfumado.
Execução: EcoXperience, Lda.

Imagerie Ciano: Portugal dos Pequenitos em azul!
Fazer fotografia sem máquina fotográfica? Sim é possível! Nesta oficina pretende-se dar a conhecer às crianças um método de criação de imagens sem a utilização de câmara. Uma forma mais plástica e alternativa de “fotografar” em tom azul. Este processo alternativo da fotografia, foi inventada no séc. XIX, como técnica de impressão de imagens, estas obtém-se por contacto direto (fotograma).
Execução: Nélia Zacarias

Stop-motion: histórias passo a passo
Criação de um pequeno vídeo através da técnica do stop-motion. Os participantes são convidados a elaborarem uma pequena narrativa em torno do Portugal dos Pequenitos (com a criação de uma personagem). Posteriormente a história é capturada em fotografias e “animada” com software específico.
Execução: Nélia Zacarias

Os abraços das formas e das cores
Execução: Espaço Boa, Lda.

O carnaval dos animais
Execução: Espaço Boa, Lda.