Ficha Técnica

Programação|Coordenação: Pedro Providência Consultoria: Elvira Leite
Serviço Educativo: Pedro Providência, Elisabete Lopes e Luísa Côrte-Real
Orientação: A cargo de uma equipa de profissionais especializados em diferentes áreas disciplinares: Cláudia Pires, EcoXperience, Lda, Espaço Boa, Lda, Fátima Miranda, Pedro Providência, Talkie-Walkie, Lda, Nélia Zacarias.

Formadores:

Cláudia Pires (Coimbra, 1968)
Frequência da Licenciatura Animação Socioeducativa, 2009/2011 — Escola Superior de Educação de Coimbra. Concluiu o Curso Técnico de Cerâmica no ano letivo 1991/1992 na Arca — ETAC. Formadora desde 1998 nas diversas áreas de animação e artes plásticas, tendo trabalhado com o Centro de Paralisia de Coimbra, APPACDM, Arcil, Câmara Municipal de Coimbra, Câmara Municipal das Caldas da Rainha, Cearte, Caritas, Inovinter, Caspae, entre outros. Coordenadora de artes do Centro cultural D. Dinis da Universidade de Coimbra de 2011 até 2013, estando presentemente a trabalhar no núcleo de apoio e aconselhamento. Coordenadora de artes do Espaço Partícula desde 2014 até à presente data. Artista-educadora — Portugal dos Pequenitos.

Cristina Camargo (Lisboa, 1953)
Artista plástica, licenciada em Artes Plásticas — Pintura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, e Design Industrial pela Escola de Artes e Design de Matosinhos. Desenvolve projetos criativos com públicos diversificados, como escolas de todos os graus de ensino, universidades seniores, hospitais, Museu de Serralves, Museu do Douro, Câmaras Municipais, entre outros. Pertence desde 1992 ao grupo Kunstefelder, formado por artistas portugueses, holandeses e alemães com encontros e simpósios em ambiente rural. É coordenadora e responsável das atividades do Espaço BOA — Bombarda Oficina de Artes — Porto, nas áreas de artes plásticas, escrita criativa, expressão corporal, teatro, dança contemporânea, entre outras para públicos a partir dos 6 meses.

Elvira Leite (Porto, 1936)
Pintora, professora no ensino público, formadora, artista-educadora, investigadora no campo da educação artística e metodologia de trabalho por projetos. Como pintora, trabalha em ateliê próprio e está representada em coleções nacionais. Como artista-educadora, concebe espaços de prática criativa para crianças, adolescentes, jovens e adultos. É programadora de projetos, envolvendo a arte, dirigidos a diferentes públicos, de diferentes idades e diferentes contextos socioculturais. Consultora da UNESCO, exercendo a atividade de Conselheira na área de “Educação Artística” no âmbito do Projeto BAD/UNESCO, 707/CVI/10-PRESE, Cabo Verde. Fornece orientação científica e metodológica e elaborou comentários técnicos sobre conteúdos curriculares para o Ministério da Educação apresentados em 1993/1994. Consultora sobre arte e educação em várias instituições culturais, nomeadamente no Serviço Educativo da Fundação de Serralves, de 1999 a 2014, e no Serviço Educativo do Portugal dos Pequenitos desde 2017.

Fátima Miranda (Castelo Branco, 1971)
Fátima Miranda vive em Coimbra. Psicóloga Clínica de formação, trabalhou 13 anos num programa de prevenção do trabalho infantil, um projeto em que se valorizava o saber fazer e as experiências plásticas como fatores de motivação e aprendizagem, o que a inspirou a realizar formações ao nível artístico e artesanal.
Desde 2013, tem vindo a desenvolver uma atividade artística regular, ao nível da criação e manipulação têxtil, e a aprofundar as competências formativas e pedagógicas, orientando ateliês e formação para vários públicos.

Melânia Ramos (Coimbra, 1976)
Licenciou-se em Estudos Teatrais, obteve mestrado em Dramaturgia e Encenação na Universidade de Évora/Teatro Meridional de Lisboa. Desenvolve a sua atividade profissional como Diretora Artística do Manga Theatre (Lisboa/Bristol) e como artista-educadora convidada pelo Serviço Educativo do Portugal dos Pequenitos. Foi Técnica de Luz no Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV) da Universidade de Coimbra, fez Assistência de Encenação e de Produção, criou Projetos de Iluminação Cénica para espetáculos díspares de dança, música e teatro. Deu formação em Luminotecnia, Teatro e Expressão Dramática para crianças e adultos na Escola de Artes do Centro de Artes e Espetáculos da Figueira da Foz, no ensino pré-escolar e no 1.º e 2.º ciclos.

Nélia Zacarias (Enxames, Fundão, 1985)
É licenciada em Design Multimédia, na Universidade da Beira Interior. Em 2011, prestou as provas de mestrado em Criação Artística Contemporânea, na Universidade de Aveiro. Em 2013, trabalhou na Associação Corpodehoje, estrutura residente à época, e no CAE da Figueira da Foz como assistente de produção. Em 2015, participou no projeto Pequenos Artistas, na execução de oficinas vocacionadas para crianças, na área das artes visuais. Desde 2017, colabora com o Serviço Educativo do Portugal dos Pequenitos na realização de oficinas de cianotipia. Atualmente, promove o projeto Imagina — oficinas criativas, da sua autoria. Desenvolve oficinas de cianotipia, stop-motion e artes plásticas e, ao mesmo tempo, colabora com associações culturais, quer na concretização de oficinas, quer no apoio à produção.

Pedro Providência (Coimbra, 1969)
Coordenador do Serviço Educativo do Portugal dos Pequenitos desde 2017. Foi Professor Auxiliar e Diretor na Escola Universitária de Artes de Coimbra, do curso de arquitetura. Em 2014, apresentou provas de doutoramento em Arquitetura, na Universidade de Coimbra — especialidade em Arquitetura e Construção, com o tema de estudo: “Bases para um Plano de Ação da Salvaguarda dos Revestimentos e Acabamentos Tradicionais em Centros Históricos — o caso de estudo do Plano de Cor do Centro Histórico de Coimbra”.

Empresas participantes:

EcoXperience
É uma spinoff da Universidade de Coimbra que desde 2016 procura sensibilizar e educar as crianças para a preservação do meio ambiente através da reciclagem de resíduos, em particular a reciclagem do óleo alimentar usado.
Uma equipa jovem e dinâmica, composta por elementos com formação superior multidisciplinar e com vasta experiência em lecionar oficinas interativas para crianças.

Talkie-Walkie
A Talkie-Walkie apropria-se do conceito “Educação pela Arte” para acrescentar a Educação pela Arquitetura. Art&Arch Education é um meio de conceber e implementar um conjunto de ações de curta e longa duração que permite aos participantes debater e tornarem-se cidadãos mais conscientes dos territórios e lugares onde vivem e atuam. Os métodos de transmissão dos conceitos são adaptados aos diferentes públicos com os quais se desenham projetos, uns mais lúdicos, outros mais teóricos, uns mais de deriva, outros mais cartografados. Nos percursos, realizam-se mapas mentais, cadernos de viagens e respigam-se objetos deixados para trás. Nas oficinas, constroem-se novas espacialidades e desconstroem-se as existentes. Não se brinca aos arquitetos só porque sim, pois as casas não têm todas as mesmas formas e nem todos vivemos de igual modo. A Arte continuará sempre presente nos conteúdos da Talkie-Walkie, pois é libertadora e para todas as infâncias