Escolas, professores e educadores

Visitas para Grupos Escolares

Os temas das visitas possíveis de realizar no Portugal dos Pequenitos são vastos, dependem da idade dos alunos e do(s) objetivo(s) da visita, designadamente, cor, textura e escala dos pavilhões/casas e paisagem envolvente para os alunos mais novos; e o espaço, de Portugal e do resto do mundo, e o tempo, da pré história à atualidade, para os alunos mais velhos. As visitas podem ser organizadas e acompanhadas pelo professor que vem com os alunos (Visita Livre) ou pelo professor e pelo Serviço Educativo (Visita Guiada). Para o efeito, o Serviço Educativo disponibiliza informações sobre o património do parque-jardim.

Visita Livre

Duração: bilhete de entrada no parque jardim válido para todo o dia.
Acesso: 4,40 euros por participante.

Visita Guiada

Público-alvo: educação pré-escolar e ensino básico e secundário.
Duração: 30 minutos.
Acesso: 5 euros por participante (este valor engloba a visita livre ao parque-jardim); inscrição prévia.
Lotação: entre 15 alunos (mín.) e 30 alunos (máx.).

Oficinas para Grupos Escolares
O Serviço Educativo toma como ponto de partida o acervo artístico do Portugal dos Pequenitos, nomeadamente o património arquitetónico e etnográfico, para a criação de relações de proximidade e cooperação com as escolas. A sua programação, designadamente, as oficinas (Oficina e Oficina-visita), proporciona aos alunos a oportunidade de estabelecerem contacto com diversas técnicas e expressões artísticas e desenvolverem a sua criatividade em todas as propostas, incluindo as que surgem em função de temáticas dos programas escolares.
As tarefas a desenvolver no âmbito das Oficinas para Grupos Escolares poderão ser ajustadas aos alunos de educação especial que integrem estas turmas. Deste modo, as escolas com turmas nestas condições que pretendam frequentar as atividades do Serviço Educativo deverão informar o número de alunos de educação especial no ato de inscrição.

Oficina-Visita
Público-alvo: educação pré-escolar, ensino básico e secundário.
Duração: 1 hora e 30 minutos.
Funcionamento: quatro oficinas por dia: 10:00–11:30 | 11:30–13:00 | 14:00–15:30 | 15:30–17:00.
Acesso: 6,20 euros por participante (este valor engloba a inscrição na oficina e visita livre ao parque-jardim; no caso de se pretender participar numa oficina e efetuar uma visita guiada ao parque-jardim, o preço será de 6,80 euros); inscrição prévia até duas semanas antes da data pretendida.
Lotação: entre 15 alunos (mín.) e 30 alunos (máx.).

Oficina
Público-alvo: educação pré-escolar, ensino básico e secundário.
Duração: 1 hora.
Funcionamento: seis oficinas por dia:
10:00–11:00 | 11:00–12:00 | 12:00–13:00 | 14:00–15:00 | 15:00–16:00 | 16:00–17:00.
Acesso: 5,20 euros por participante (este valor engloba a inscrição na oficina e visita livre ao parque-jardim; no caso de se pretender participar numa oficina e efetuar uma visita guiada ao parque jardim, o preço será de 5,80 euros) para grupos iguais ou superiores a 60 crianças; 4,95 euros para escolas inscritas no Projeto

Criar com Escolas (até 21 de abril de 2019); e 5,55 euros se se pretender também efetuar uma visita guiada;
Inscrição prévia até duas semanas antes da data pretendida.
Lotação: entre 15 alunos (mín.) e 30 alunos (máx.). Gratuitidade no Portugal dos Pequenitos para Grupos Escolares: 1 adulto grátis por cada 10 alunos.
Preço de entrada de acompanhantes extra no Portugal dos Pequenitos: o 1.º adulto acompanhante adicional paga o valor de 5 euros. Os restantes adultos acompanhantes pagam o preço de tabela (10 euros).

Oficinas para Bebés
As oficinas para bebés destinam-se a bebés, a partir dos 8 meses, e crianças, até aos 3 anos, acompanhadas, pelo menos, por um adulto, nomeadamente, educador(a). Pretende-se com estas oficinas desenvolver jogos e atividades lúdicas de expressão plástica (pintura, modelação, colagens…) expressão corporal e verbal. De forma divertida, ao longo de 60 minutos, descobriremos as cores e sons, as estórias e o movimento, à medida que a imaginação se solta e se alicerça na cumplicidade entre grandes e pequeninos.
Público-alvo: bebés, a partir dos 8 meses, e crianças, até aos 3 anos.
Duração: 1 hora. Acesso: 12 euros por bebé/criança (este valor engloba a visita livre ao parque-jardim);
Inscrição prévia até duas semanas antes da data pretendida.
Lotação: entre 12 bebés/crianças (mín.) e 16 bebés/crianças (máx.).

Oficinas à Medida
Diga-nos o que pretende e o Serviço Educativo organiza.
Público-alvo: educação pré-escolar, ensino básico e secundário.
Duração: 1 hora e 30 minutos.
Funcionamento: quatro oficinas por dia: 10:00–11:30 | 11:30–13:00 | 14:00–15:30 | 15:30–17:00.
Acesso: 8,20 euros por participante (este valor engloba a inscrição na oficina e visita livre ao parque-jardim; no caso de se pretender participar numa oficina e efetuar uma visita guiada ao parque-jardim, o preço será de 8,80 euros);
Inscrição prévia até duas semanas antes da data pretendida.
Lotação: entre 15 alunos (mín.) e 30 alunos (máx.).

Projeto Criar Com Escolas
O Serviço Educativo desenvolveu o projeto Criar com Escolas no sentido de reforçar a articulação do Portugal dos Pequenitos com as escolas através de um trabalho contínuo, o qual prevê a realização de uma exposição coletiva, no final do ano letivo, e respetivo catálogo. O tema do trabalho a desenvolver no âmbito deste projeto é anual ou bianual e é concebido para ser realizado nas próprias escolas, de preferência, em articulação com diferentes disciplinas e em parceria com o Serviço Educativo. Neste contexto, é realizada formação creditada, orientada por especialistas na área educativa/cultural, a decorrer ao longo do ano letivo, dirigida a professores, educadores e outros formadores, para aprofundamento de temas e técnicas artísticas transversais aos do tema do referido projeto, assim como para a apresentação e discussão do Programa Educativo e recolha de depoimentos tendo em vista futuras programações. Por outro lado, foi concebido um conjunto de oficinas específicas, tendo em consideração os pressupostos do trabalho a desenvolver no âmbito do projeto Criar com Escolas.
Público-alvo: professores, educadores e alunos da educação pré-escolar e do ensino básico.
Acesso: inscrição prévia até ao dia 1 de março de 2019.
A inscrição no projeto é gratuita.
No projeto Criar com Escolas deste ano foi selecionado o tema CASA-FUTURO, que visa sensibilizar os participantes para a arquitetura/paisagem do passado e do presente, perspetivando como a mesma será em futuros mais ou menos longínquos, tendo em consideração a sustentabilidade ambiental, entre outros temas da atualidade.
O culminar do projeto, em parceria com as escolas, prevê a realização de uma exposição no Portugal dos Pequenitos, no final do ano letivo 2018/2019, cuja inauguração ocorrerá no dia 25 de maio, e que ficará em exibição ao público durante cerca de quatro meses. Na exposição, serão expostos os trabalhos realizados pelos alunos das escolas que participam no projeto, seja o produto final (objeto construído), seja o processo de investigação (Diário de Bordo) desenvolvido ao longo do trabalho.
As Escolas aderentes ao projeto Criar com Escolas poderão inscrever os alunos nas oficinas que abordarão o tema CASA-FUTURO, aprofundando conhecimentos úteis para a concretização do trabalho final, o qual integrará a referida exposição coletiva. As escolas inscritas no referido projeto usufruem de um preço especial nas oficinas. As tarefas a desenvolver nas oficinas a realizar no âmbito deste projeto poderão ser ajustadas aos alunos de educação especial que integrem as turmas das escolas aderentes ao projeto.

Formação para Professores
Os professores inscritos no projeto Criar com Escolas podem participar na formação realizada no âmbito deste projeto. A formação é creditada e a inscrição é gratuita.
Esta iniciativa propõe aprendizagens através de atividades educativas motivadoras, que desenvolvem conhecimento, sensibilidade, criatividade e valores de cidadania. É uma formação que introduz inovação na ação educativa.
Esta formação é constituída por dois módulos, de três horas cada:
MÓDULO I — CASA-FUTURO: Apresentação do projeto, seus objetivos e proposta de metodologia de desenvolvimento.
MÓDULO II — CASA-FUTURO: Aplicação prática.
Execução: Álvaro Domingues e Elvira Leite
Público-alvo: educadores do pré-escolar, professores do ensino básico e do ensino especial.
Acesso: Inscrição previa