Intervenção Multidisciplinar. Flexibilidade de Respostas.

Identificar as necessidades e vulnerabilidades físicas e cognitivas de cada residente, combater o processo gradual de desvinculação e isolamento social tantas vezes associado ao processo de envelhecimento, a dificuldade de adaptação a novos contextos, a perda de referências, são, a par da avaliação e acompanhamento clínico, vertentes matriciais que gizam o plano individual de intervenção multidisciplinar definido para cada residente, discutido e monitorizado diariamente nas suas vertentes, médica e de enfermagem, farmacológica, psicológica, nutricional, fitoterapêutica e social.

Dinâmicas de Reabilitação Sociais e Ocupacionais.

Visando prevenir e minimizar patologias, promover a reeducação motora e funcional e o desejável aumento da mobilidade e autonomia dos residentes, o Centro implementa dinâmicas de reabilitação, adaptadas aos distintos grupos funcionais: sessões de ginástica, exercícios de psicomotricidade, de relaxamento, treino e estimulação cognitiva. Sessões de musicoterapia, oficinas ocupacionais e programas culturais diferenciados são contributos valorizadores do processo contínuo de integração, relacionamento interpessoal e sociabilização. O residente pode e é estimulado a receber a sua família e amigos onde e quando desejar, convidando-os para partilhar refeições, uma agradável tarde de convívio ou passeio, para participar ou assistir a atividades desenvolvidas no/pelo Centro.