Segunda edição da obra “Bissaya Barreto: Ordem e Progresso” apresentada na Casa Museu Bissaya Barreto
26.06.2018

Realiza-se no dia 29 de junho, na Casa Museu Bissaya Barreto, às 18h, a sessão de apresentação da 2ª edição da obra “Bissaya Barreto: ordem e progresso”, da autoria do Prof. Doutor Jorge Pais de Sousa. A nova edição foi atualizada pelo autor, vinte anos depois da sua defesa em provas públicas, como dissertação de mestrado e é apresentada pelo Prof. Doutor Norberto Ferreira da Cunha.

A 1ª edição da obra, publicada em 1999, pela Coimbra Editora, teve o patrocínio exclusivo da Fundação Bissaya Barreto, e está esgotada, há cerca de uma década. A nova edição, da Editora Almedina, volta a ter o patrocínio exclusivo da Fundação. A obra, que constituiu o primeiro estudo histórico sobre o comportamento político de Bissaya Barreto, situa-se em dois períodos fundamentais: da Monarquia à República (1886-1926), e da Ditadura Militar ao Estado Novo (1926-1974).

Jorge Pais de Sousa é licenciado em Filosofia, pós-graduado em Ciências Documentais, Mestre e Doutor em História Contemporânea, pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Foi bolseiro de Pós-Doutoramento da FCT e é, atualmente, investigador do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20) da Universidade de Coimbra. É autor de livros, capítulos de livros e dezenas de artigos, editados em Portugal e no estrangeiro.

Norberto Ferreira da Cunha é Professor Catedrático aposentado da Universidade do Minho. Foi Professor Catedrático do Departamento de Filosofia e Cultura do Instituto de Letras e Ciências Humanas, da mesma Universidade, entre 1998 e 2006. Licenciou-se em Filosofia, pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e doutorou-se na Universidade do Minho.